Notícias

14 de maio de 2018

Seleção brasileira se consolida com o maior alcance digital nas mídias sociais entre as seleções do mundo

Com a lista final de convocados e com um mês para o início do mundial, o IBOPE Repucom realiza a terceira edição de seu levantamento sobre a presença digital das maiores seleções de futebol no mundo

 

São Paulo, 15 de maio de 2018 – A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) é a seleção de futebol com a maior base digital do planeta e a primeira a ultrapassar os 19 milhões de seguidores, somando os inscritos das plataformas analisadas (Facebook, Twitter, Instagram e YouTube). Nesta edição, a CBF ampliou a vantagem sobre a Federação Mexicana de Futebol (FMF), que segue na segunda posição com 18,7 milhões de seguidores. Em outubro de 2017 apenas 10 mil seguidores separavam as seleções, hoje a diferença chega a 300 mil inscritos, consolidando a seleção brasileira na liderança do ranking digital.

Completam o TOP 5 as confederações Inglesa (F.A.), com 12,9 milhões de inscrições, Francesa (F.F.F.), com 12,5 milhões de inscritos, e Alemã (D.F.B.), com 11,5 milhões. Entre as seleções do TOP 5, a federação francesa de futebol se destaca por obter a maior variação de crescimento (+9%) e a que mais somou novos seguidores no período: foram mais de 1 milhão de novos inscritos em suas redes desde outubro de 2017.

Em comparação com o levantamento anterior, houve um movimento de entusiasmo das seleções sul-americanas classificadas para a Copa do Mundo, sobretudo no Facebook. Entre as seleções que somaram mais curtidas na rede social no período estão: Peru (1º), Colômbia (2º), Uruguai (3º) e Argentina (5º). A Federação Portuguesa registrou o 4º maior crescimento no Facebook.

A seleção peruana, inclusive, foi a que registrou a maior variação de crescimento no período entre todas as seleções monitoradas. Com a classificação para o mundial após 36 anos, a FPF registrou uma variação de crescimento de 34% em sua base digital. Com isso, os peruanos ultrapassaram Bélgica e Japão, alcançando a 12ª posição do ranking.

Por outro lado, a seleção norte-americana de futebol (U.S. Soccer) manteve a 8ª posição no ranking, mas como possível efeito da não classificação para o mundial, as contas de mídia social dos norte-americanos, combinadas, ficaram praticamente estagnadas e evoluíram apenas 1% no período, menor variação entre as seleções do TOP 10.

“Há um mês para o início da Copa do Mundo, as promoções dos patrocinadores do evento e da seleção brasileira seguem a todo vapor e certamente as plataformas digitais serão parte fundamental de suas estratégias de ativação e conexão com os torcedores. Nesta iminente batalha das marcas, serão vitoriosos os patrocinadores que executarem de forma efetiva o real time marketing, adequando seus conteúdos e compartilhando o mesmo sentimento da população, e certamente ganharão a empatia e o engajamento dos brasileiros”, afirma José Colagrossi, diretor executivo do IBOPE Repucom.

 

Confira o ranking completo abaixo:

Fonte: IBOPE Repucom – Ranking digital das 40 maiores confederações de futebol do mundo

Levantamento IBOPE Repucom sobre o volume de inscritos nas redes sociais das confederações de futebol que já participaram de ao menos uma edição da Copa do Mundo da FIFA. O ranking exibe as 40 maiores bases digitais entre as confederações de futebol.

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Veja também

9 de novembro de 2017

IBOPE Repucom revela os clubes estrangeiros que conquistaram...

<strong><em>Pesquisa indica os clubes internacionais que se destacam como segundo time de... [ Veja mais ]

21 de dezembro de 2016

IBOPE Repucom avalia o impacto dos Jogos Olímpicos...

Em estudo inédito, IBOPE Repucom analisou o interesse dos brasileiros pelos Jogos... [ Veja mais ]

10 de abril de 2017

Flórida Cup gera mais de R$830 milhões em...

<strong>São Paulo, 7 de abril de 2017 –</strong> O IBOPE Repucom, líder... [ Veja mais ]